Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Ricardo Nunes lidera para prefeitura de São Paulo em levantamento do Paraná Pesquisas

O novo levantamento da Paraná Pesquisas mostra Ricardo Nunes à frente na corrida para a prefeitura de São Paulo nas eleições de 2024. Pré-candidato à reeleição, Nunes aparece em primeiro lugar na pesquisa espontânea, em que não são informados para os entrevistados os nomes dos postulantes. Ricardo Nunes é citado por 11,9% dos entrevistados, enquanto Guilherme Boulos aparece 10,6% e Tábata Amaral, em terceiro, com 1,8%. Na espontânea, 66,8% não responderam ou não souberam responder. Também foram mostrados outros cenários, que Nunes aparece à frente dos demais pré-candidatos. No primeiro deles, com 11 nomes apresentados, Nunes tem 28,1% contra 24,2% de Boulos. Datena aparece em terceiro, com 12,1%, e Tabata Amaral com 9,1%. Pablo Marçal tem 5,1% e Kim Kataguiri tem 3,4%. Mariana Helena, 3,2%, e Altino, 0,5%. Os três últimos, com 0,1% das intenções são Fernando Fantauzzi, João Pimenta e Ricardo Senese. Não responderam ou não sabem somaram 6,2% e brancos e nulos, 7,8%.

Ricardo Nunes aparece à frente também nas simulações de segundo turno: ele foi o escolhido por 49,5% contra Tabata Amaral, com 30%; e fica com 48,1% contra Guilherme Boulos, com 35,9%. Boulos aparece à frente de Tabata em um eventual segundo turno, com 41,7% contra 32,2%. Outro destaque da pesquisa é a avaliação das administrações atuais, no âmbito municipal, estadual e federal. A gestão de Ricardo Nunes foi aprovada por 60,9% dos entrevistados, enquanto 34,9% desaprovaram a atuação do atual prefeito. A administração de Tarcísio de Freitas foi aprovada por 58,6% dos entrevistados e desaprovada por 37,3%. O levantamento do Instituto Paraná Pesquisas também pediu uma avaliação da administração do presidente Lula. Ele foi aprovado por 50,5% e desaprovado por 45,7% dos entrevistados. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas pessoais, entre os dias 24 e 28 de maio de 2024, com 1.500 eleitores. O instituto informa que o grau de confiança é de 95,0% e a margem estimada de erro é de aproximadamente 2,6 pontos percentuais. Os partidos terão entre 20 de julho e 5 de agosto para deliberar sobre coligações e escolha de candidatas e candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. Os registros das candidaturas deverão ser feitos até 15 de agosto, de acordo com informações disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral.