Terça-feira, 21 de maio de 2024

bandidos explodem carros-fortes em rodovia de SP

Com quadrilhas fortemente armadas, três cidades do interior de São Paulo viveram um dia marcado por mega-assaltos nesta segunda-feira (8). Em menos de 24 horas, bandidos explodiram e levaram R$ 200 mil de uma agência bancária de São Pedro e três carros-fortes foram atacados em rodovias de Cordeirópolis e Piracicaba, todas cidades localizadas na região metropolitana de Piracicaba.

Após os ataques, duas pessoas foram presas e um suspeito morreu em confronto com agentes na madrugada de hoje (9). A Polícia Civil ainda investiga se os crimes foram realizados por uma mesma quadrilha.

Segundo investigadores, os ataques teriam sido realizados por um mesmo grupo que realiza assaltos do estilo “novo cangaço” na região.

Sequência de assaltos

Ainda na madrugada de segunda-feira (9), a agência do Banco do Brasil em São Pedro foi assaltada por uma organização criminosa armada com fuzis e explosivos. Imagens mostram que parte do estabelecimento ficou destruído após a ação. Segundo a polícia, os bandidos conseguiram levar cerca de R$ 200.000,00. Houve troca de tiros entre os policiais militares e os assaltantes, mas ninguém foi preso. Também não houve feridos nessa ação.

Enquanto a polícia realizava buscas para tentar identificar os assaltantes do banco, bandidos renderam dois carros-fortes da empresa Blue Angels na rodovia Washington Luís, na altura do município de Cordeirópolis. Assim como no assalto à agência, esse assalto também foi praticado por diversos homens fortemente armados e com o uso de bombas.

O que diz a polícia

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, os dois homens presos são suspeitos de terem participado tanto do ataque aos carros fortes em Cordeirópolis e Piracicaba quanto do roubo a uma agência bancária em São Pedro. As investigações são coordenadas pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Piracicaba e contam com apoio da Polícia Militar.

A pasta explica que um dos carros usados na ação criminosa foi encontrado na Rodovia dos Bandeirantes. “Posteriormente, em Sumaré, um segundo autor foi localizado no bairro Calegari. Houve troca de tiros e o criminoso morreu no local.”

“Em sua residência foram apreendidos quatro fuzis, munições, coletes de proteção balística, rádios comunicadores, explosivos idênticos aos utilizados no roubo na cidade de São Pedro, um saco com dinheiro, toucas tipo balaclava, máscara de gás e aparelhos celulares, dentre outros objetos. Nas proximidades, um terceiro envolvido, procurado da Justiça, também foi preso”, diz a polícia.

Os casos foram registrados como latrocínio tentado, organização criminosa, receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, posse de armas de fogo de calibre restrito, resistência e morte decorrente de intervenção policial.